São Paulo – Conversas pelas redes sociais e serviços de mensagens instantâneas, como o Whatsapp, podem comprovar um relacionamento na Justiça? Em caso afirmativo, as conversas são suficientes para pedir a divisão de bens e outros direitos no caso de uma eventual separação? O advogado especializado em direito de família Samir Choaib responde no vídeo.

Por Classificados Mogi

Classificados Mogi

Deixe um Comentário